Entenda o que é score e como ele é calculado

Todo mundo que já precisou, que está em busca de crédito ou já leu algo sobre este tema com certeza se deparou com o famoso score. Este termo em inglês pode ser traduzido para algo como “pontuação”, e é exatamente isso que ele mede: qual é a sua, digamos, pontuação “na praça”. 

Ou seja, o score serve como uma forma de analisar qual é a sua reputação como bom pagador.

Pense no universo corporativo: você está em busca de uma promoção na carreira e vai até a sala do seu chefe para pedir um aumento, uma promoção. Ao chegar lá, o gestor começa a analisar todo o seu histórico como funcionário. São analisadas suas horas trabalhadas, trabalhos realizados com sucesso e sua reputação na empresa. 

Após fazer essa análise, seu chefe chega a uma conclusão. Se você tem um bom histórico,  é promovido, se não tem, permanece no cargo atual. O score é mais ou menos como uma análise de reputação, que vai ser importante para uma liberação de crédito.

Este foi apenas um exemplo rápido para compreender de forma simplificada o tema do nosso post de hoje. A partir de agora, vamos nos aprofundar no que é score e como ele é calculado. 

Prepare-se para entender de uma vez por todas como funciona este importante “termômetro” utilizado pelos bancos, fintechs e financeiras para conceder empréstimos e financiamentos.

O que é score e como ele funciona?

O score é uma espécie de indicador do seu perfil financeiro. Ele leva em consideração fatores importantes como:

  1. Pagamentos de contas, boletos e crediários em dia;
  2. Nome negativado (que ocorre quando uma pessoa se torna inadimplente e tem seu nome inserido no Serviço de Proteção de Crédito, o SPC);
  3. Relacionamento financeiro com as empresas nas quais você adquiriu produtos e serviços.

A soma destes três fatores gera o score de uma pessoa. Outras informações também são utilizadas, como estado civil, emprego formalizado em carteira e hábitos de consumo. 

A medida vai de 0 até 1000. Quanto mais perto da nota máxima, melhor é o seu score, ou seja, mais confiável é a sua reputação como bom pagador.

A pontuação divide os consumidores em três grandes grupos, que relacionam o score com a possibilidade de uma pessoa se tornar inadimplente, ou seja, quanto menor o score, mais riscos a empresa corre de ter problemas para receber os valores emprestados.
A divisão pode ser feita da seguinte maneira, por exemplo:

  1. Entre 0 e 300 pontos: alto risco de inadimplência;
  2. Entre 300 e 700 pontos: médio risco de inadimplência; 
  3. Entre 700 e 1000: baixo risco de inadimplência.

Com base nesta nota, uma empresa pode tomar decisões mais seguras sobre quem está procurando adquirir seus produtos/serviços e qual a possibilidade de haver problemas durante o processo de pagamento. Bons consumidores podem conseguir, inclusive, melhores condições e taxas para obter empréstimos e maiores limites de compra em cartão, por exemplo.

Não se desespere caso seu score não for aquilo que você estava esperando. Existem algumas atitudes que você pode tomar para ajudar a melhorá-lo. Ao longo do conteúdo, vamos explicar um pouco melhor.

Agora que explicamos o que é score, vamos te contar quem é o responsável por essa pontuação. Acompanhe!

Quem é o responsável pelo score?

Entendendo o que é score, você deve estar se perguntando: se existe uma pontuação sendo analisada, alguém é responsável por contabilizar os pontos, correto? 

No caso do score, quem analisa são os órgãos de proteção ao crédito, e os dados são disponibilizados por instituições como, por exemplo, a Serasa Experian, reconhecida organização brasileira que opera no segmento de análise de informações de crédito dos consumidores. Nesse artigo, vamos usar a Serasa Experian como referência, mas existem outras empresas no mercado que também são consultadas em operações de crédito, ok? 

A principal função do Serasa (e de outras empresas que operam neste mercado) é fornecer inteligência por meio de dados para as instituições que realizam vendas em crediário, bancos e empresas como a Sim, que pretendem facilitar a obtenção de crédito de forma simples e prática. 

Com as informações em mãos, as empresas podem analisar de forma consistente a reputação de um consumidor na praça e, com isso, verificar quais são os riscos de fechar um negócio.

Como as informações do meu score são obtidas?

Depois de entender o que é score, saiba como as informações sobre essa pontuação são obtidas e processadas.

Graças ao avanço tecnológico e integração com banco de dados das empresas cadastradas, foi construída uma enorme base de informações sobre as pessoas físicas. 

Grande parte do que é score envolve o seu CPF, que é o grande identificador. O número do CPF fica registrado em diversas transações, com isso, é possível construir um verdadeiro registro das suas atividades de consumo. 

Empresas fornecedoras de serviços, como operadoras de TV, concessionárias de energia, bandeiras de cartão de crédito e até lojas em que você faz compras parceladas estão com suas informações integradas ao sistema do Serasa. Desse modo, todo seu histórico é registrado e vai formando sua pontuação.

Instituições como o Serasa também possuem o mesmo tipo de serviço para pessoas jurídicas. Neste caso, são utilizados fatores semelhantes, mas com foco na reputação do CNPJ da empresa.

Como faço para consultar minha pontuação?

Todo mundo já atrasou uma conta, esqueceu de pagar um boleto e, em alguns casos, não teve outra escolha a não ser se tornar um devedor até conseguir o dinheiro necessário para quitar uma dívida. Por conta disso, seu score sofre alterações constantes dentro do sistema.

Essas informações não são emitidas em nota fiscal, e muito menos divulgadas de forma pública sem algum tipo de privacidade. Sendo assim, o jeito é ir atrás dessas informações e consultar o sistema do Serasa

Para fazer a consulta, basta acessar o site do Serasa Consumidor, fazer um pequeno cadastro com seus dados e analisar qual é a sua pontuação. No sistema, é possível verificar também a existência de qualquer pendência financeira registrada em seu nome. 

Como melhorar minha pontuação?

Ao saber o que é score, consultá-lo e se deparar com uma pontuação baixa, não há motivos para desespero. Ele não é o julgamento final sobre sua reputação de pagador. Trata-se de uma análise momentânea, que sofre alterações – para cima e para baixo – dependendo do seu comportamento de consumo. Veja algumas dicas para aumentar seu score

1. Pague suas dívidas

A primeira e mais importante dica para aumentar seu score é deixar a inadimplência para trás. Sempre que você se torna devedor em alguma empresa, mesmo que por alguns dias, essas informações são captadas e transmitidas para a pontuação. 

Sendo assim, a primeira medida a ser tomada é quitar o máximo de dívidas possível para aliviar seu placar e ganhar alguns pontinhos na praça. Para limpar seu nome, procure as empresas nas quais você está em débito e negocie as melhores formas para pagá-las.

Algumas instituições realizam bons acordos com devedores, afinal, o fim da dívida é bom para os dois lados, portanto, para melhorar seu score, é preciso correr atrás desses pagamentos, já que a inadimplência tem um peso grande no cálculo do score.

2. Pague suas contas em dia

Para evitar um score baixo, é importante ficar atento à data de vencimento das suas contas.

Mesmo que você não seja devedor, pequenas inadimplências podem influenciar no seu score. Isso significa que atrasar o pagamento de contas altera sua pontuação. Tente sempre quitar suas pendências (como água, luz, gás e internet) em dia para evitar quedas na numeração positiva.

Aqui vai uma dica importante: se você tem o hábito de pagar as contas atrasadas, deixando tudo para o dia do seu pagamento, é melhor alterar as datas de vencimento das suas contas. Esse procedimento é simples e é aceito pela maioria das empresas prestadoras de serviço. 

Agora, se você esquece de pagar os boletos em dia, mas tem o saldo disponível em sua conta, uma ótima opção  é colocar suas contas em débito automático, simplificando sua agenda de pagamentos. 

3. Mantenha seus dados cadastrais atualizados

As empresas de crédito têm acesso às suas informações quando estão consultando seu perfil. Confusão em dados simples, como endereço, telefone e e-mail podem diminuir a sua credibilidade, portanto, não se esqueça de sempre informar mudanças cadastrais para as empresas das quais você é cliente. 

4. Faça seu registro no Cadastro Positivo

Um dos pontos fundamentais para entender o que é score é saber como o Cadastro Positivo influencia na pontuação.

Podemos considerar o Cadastro Positivo um “currículo” da sua vida financeira. Ele permite que um consumidor seja analisado por uma série de comportamentos financeiros, que incluem o pagamento da fatura do cartão, histórico de compras e muito mais. 

Antigamente, a reputação dos consumidores era vista apenas pelo lado ruim, ou seja, pelas faturas em aberto e inadimplência. Com o Cadastro Positivo são acompanhadas mais transações, ajudando a construir um perfil mais completo do consumidor. 

Você pode incluir seu nome no Cadastro Positivo pelo site do Serasa Consumidor. Basta um cadastro simples e pronto! Seu nome e perfil de consumo passam a fazer parte dessa importante base de dados. 

5. Cuidado com a quantidade de consultas ao seu CPF

Cada vez que seu CPF é consultado por uma empresa, é aberta uma espécie de “ocorrência” no sistema que controla as informações do score e, com isso, sua reputação pode cair.

O sistema entende que muitas consultas significam muita desconfiança, por isso seu score pode cair. Tome cuidado ao passar em diversas empresas que irão consultar a pontuação para não perder pontos à toa. 

Como obter um empréstimo com base em meu score?

Para conseguir uma linha de crédito, financiamento ou empréstimo pessoal, é natural que as empresas façam a consulta do seu score. Algumas instituições possuem regras específicas, e cada uma delas adota um procedimento burocrático.

Se você está em busca de uma solução rápida para obter um empréstimo pessoal, a Sim pode ser uma opção simples, totalmente digital e sem burocracia. 

Com base em uma pequena consulta – feita pela tela do seu celular – a Sim oferece uma oferta personalizada de crédito para você.

O processo é realizado sem precisar se deslocar a nenhuma agência ou algo do tipo. O envio de documentos, a consulta do seu score e a liberação do crédito são todos feitos online, e em até 3 dias úteis você recebe uma resposta sobre seu pedido de empréstimo.

Um empréstimo com a Sim pode ser o jeito mais simples de conseguir aquele dinheiro extra para você quitar suas dívidas, melhorar ainda mais o seu score e resolver boa parte das suas pendências financeiras.

Publicado por Helmy Nagashima

Formada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas com especialização em Economia. Tem uma trajetória de mais de 15 anos de experiência na indústria financeira atuando em diversas posições como Produto, Crédito, Riscos de Crédito e em People Analytics. Assumiu em 2020 a liderança da área de Credit e Analytics da Sim.

Esse produto é perfeito para você

Empréstimo pessoal

com garantia de carro

  • Até R$ 150.000 ou 90% do valor do carro
  • Taxas de juros a partir de 1,73% a.m

Empréstimo pessoal

sem garantia

  • Até R$30.000 de liberação de crédito
  • Taxas de juros a partir de 2,16% a.m