Como fazer a declaração de empréstimo no IR

Nem todo mundo sabe, mas ao enviar a declaração do Imposto de Renda, é preciso especificar empréstimos feitos ao longo do ano. Caso você esqueça de inseri-los na declaração, corre o risco de cair na malha fina da Receita Federal e pagar multas. 

Vale ressaltar: a DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) nada mais é do que a prestação de contas de toda pessoa física e jurídica com o governo, a fim de evitar sonegação fiscal. É por meio dela que você justifica o quanto recebeu e o quanto gastou ao longo do ano. Por isso é necessário detalhas suas operações financeiras, como compras de imóveis, veículos, investimentos e empréstimos. Mas não são todos os empréstimos que precisam ser declarados. Então, fique atento!

Qual tipo de empréstimo precisa ser declarado no Imposto de Renda?

A Receita Federal exige que somente os empréstimos acima de R$ 5 mil sejam declarados. Isso vale não só para contratos com bancos ou instituições financeiras, mas também caso você tenha feito empréstimo com um colega ou familiar, por exemplo. A mesma coisa acontece se você emprestou dinheiro para alguém. Você também precisa detalhar isso na sua declaração. 

Mas como inserir o empréstimo na declaração?

Abaixo, você conhece o passo a passo que precisa seguir para declarar seu empréstimo à Receita Federal, mas se preferir, confira o vídeo no nosso canal com mais informações


1) Vá até o site da Receita Federal e baixe o Programa Gerador da DIRF; é por meio dele que você irá enviar a sua declaração ao governo.

2) Preencha todos os campos necessários até chegar em “Dívidas e Ônus Reais”; é neste campo que você irá declarar o seu empréstimo.

3) Agora, você precisa selecionar a categoria que melhor se encaixa na sua situação. Por exemplo: se o contrato foi feito com um banco, selecione a opção “Estabelecimento bancário comercial”. Se foi com uma pessoa física, selecione a opção correta.

4) No campo “Discriminação”, você precisa colocar as informações do credor (ou seja, da instituição ou pessoa física que te emprestou esse dinheiro), como nome e CNPJ ou CPF, e, também, as condições de pagamento que foram estipuladas. 

5) No campo “Situação em 31/12/2019”, você irá colocar o valor total do empréstimo.

6) No campo seguinte, “Situação em 31/12/2020”, você irá colocar o saldo devedor, ou seja, o quanto ainda falta para quitar o seu empréstimo.

7) No último campo, “Valor pago em 2020”, você irá inserir o quanto já quitou dessa dívida – que nada mais é do que a diferença dos valores anteriores.

Como declarar um dinheiro que você emprestou para alguém

Se você emprestou dinheiro para alguém, assim como mencionamos anteriormente, também precisa declará-lo no seu Imposto de Renda. Veja o passo a passo abaixo.

1) Vá até o site da Receita Federal e baixe o Programa Gerador da DIRF; é por meio dele que você irá enviar a sua declaração.

2) Preencha todos os campos necessários até chegar em “Bens e Direitos”. 

3) No campo “Código”, procure por “Crédito decorrente de empréstimo”. 

4) No campo “Discriminação”, coloque as informações da pessoa para quem você emprestou o dinheiro e qual foi a forma de pagamento estabelecida. 

Pronto. Você declarou o seu empréstimo no Imposto de Renda.

Precisa de dinheiro? Um empréstimo pode ser a solução

Na Empréstimos Sim, você faz uma simulação de forma segura e rápida. Temos as melhores ofertas personalizadas para você poder quitar suas dívidas e ter uma vida financeira saudável.

Faça uma simulação agora mesmo!

Siga os nossos perfis nas redes sociais! Instagram | Facebook | YouTube | Linkedin 

Publicado por Helmy Nagashima

Formada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas com especialização em Economia. Tem uma trajetória de mais de 15 anos de experiência na indústria financeira atuando em diversas posições como Produto, Crédito, Riscos de Crédito e em People Analytics. Assumiu em 2020 a liderança da área de Credit e Analytics da Sim.