Rendimento da Poupança em 2024: guia completo para futuros investidores

Para investir dinheiro de forma inteligente é necessário conhecer as diferentes opções de investimento, e a poupança é uma das opções mais conhecidas.

Neste artigo, vamos explorar o conceito de rendimento da poupança, como é calculado atualmente e sua viabilidade como opção de investimento nos dias de hoje.

O que é rendimento da poupança?

O rendimento da poupança refere-se ao ganho financeiro que um investidor obtém ao aplicar dinheiro nessa modalidade específica. Atualmente, o cálculo do rendimento da poupança é influenciado pela taxa Selic, que é a taxa básica de juros no Brasil.

Como é calculado o rendimento da poupança?

Quando a Taxa Selic está acima de 8,5% ao ano:

A poupança rende 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial (TR).
Exemplo: Com R$1.000 na poupança, o rendimento mensal seria R$5,00 (0,5% de R$ 1.000), mais a TR.

Quando a Taxa Selic está abaixo de 8,5% ao ano:

O rendimento é 70% da Selic + TR. Se a Selic for 7%, o ganho mensal seria aproximadamente 4,9%, mais a TR.

Importante saber:

● A taxa Selic atualmente está acima de 8,5% ao ano, então o rendimento é de 0,5% ao mês mais a TR.
● Depósitos feitos antes de maio de 2012 seguem a regra antiga, rendendo sempre 0,5% ao mês mais a TR, independente da Selic.
● O rendimento só é creditado no dia do aniversário da aplicação. Por exemplo, se você depositou em 17 de abril, o rendimento será adicionado à sua conta em 17 de maio.

Como funciona a Taxa Referencial?

A Taxa Referencial, ou TR, é como uma bússola financeira controlada pelo Banco Central.

Até 2018, ela media a média de juros de alguns investimentos.

Agora, baseia-se em títulos públicos.

Diariamente, o Banco Central divulga seu valor.

E por que isso importa?

Porque a TR não só afeta a poupança, mas também corrige coisas como FGTS, financiamentos de casa e até alguns tipos de investimentos.

Entender a TR é descomplicar um elemento-chave das finanças.

Taxas de juros e seu impacto na poupança

As taxas de juros têm um papel importante no rendimento da poupança.

Em janeiro de 2024, a poupança oferece um rendimento de 6,17% ao ano ou 0,58% ao mês.

Essas taxas são fundamentais para avaliar o desempenho da poupança em comparação com outras opções de investimento.

Tabela de rendimento atual da poupança em 2024:

Mês de referência Janeiro
Rendimento no mês: 0,58%
Rendimento acumulado 12 meses: 7,90%
Rendimento acumulado 2024: 0,58%
Fonte: Banco Central

Quanto está rendendo a poupança hoje?

A poupança está atualmente rendendo 6,17% ao ano sem considerar a Taxa Referencial.

Em janeiro de 2024, o rendimento é de 0,58%, considerando a TR de 0,09% neste mês.

Impacto da inflação no rendimento da poupança

A inflação impacta diretamente o ganho real do investidor, o quanto seu dinheiro realmente cresce.

Quando olhamos o rendimento nominal da poupança, que foi de 7,90% em 2022, parece bom, certo?

Porém, ao descontar a inflação desse valor, o retorno real foi apenas de 2%.

Isso mostra como a inflação diminui o poder de compra do dinheiro.

Ao considerar a poupança como opção de investimento, é vital pensar nesse aspecto.

Influência das políticas econômicas no rendimento da poupança

As decisões do governo e do Banco Central também impactam no rendimento da poupança.

Por exemplo, mudanças na taxa Selic podem mexer na rentabilidade da poupança.

Se a taxa básica de juros cair, como se espera para 2024, a poupança pode se tornar mais interessante em comparação com outras opções de renda fixa.

Por isso, quem investe precisa ficar de olho nessas decisões econômicas.

Elas têm o poder de mudar significativamente como a poupança se sai como escolha de investimento.

O que esperar do rendimento da poupança neste ano?

A poupança, sendo o investimento mais difundido no Brasil, ganha destaque em 2024 diante das perspectivas de redução nos rendimentos de aplicações vinculadas à Selic.

Atualmente, a poupança oferece um rendimento mensal de 0,5%, mais a taxa referencial, totalizando 7,9% nos últimos 12 meses.

No entanto, é importante entender que a liquidez mensal (saque mensal disponível) pode resultar em perda de rentabilidade ao sacar os recursos antes do prazo de aniversário da conta.

Investir na poupança ou explorar outras opções?

Ao considerar a atrativa rentabilidade projetada para a poupança em 2024, é essencial compará-la com alternativas como Tesouro Selic e CDBs.

A poupança oferece vantagem tributária, não sofrendo imposto de renda, mas tem liquidez mensal.

Em contrapartida, Tesouro Selic e CDBs têm tributação, porém, oferecem liquidez diária.

A tabela acima destaca as diferenças, permitindo uma decisão mais informada sobre onde investir seu dinheiro.

Gostou deste conteúdo

Explore mais sobre investimentos e finanças no blog da Sim:

Alguém te chamou para fazer um investimento? Veja dicas para não cair no golpe da pirâmide financeira

Quer começar a investir? Aprenda a fazer uma reserva de emergência e multiplique seu dinheiro!

Entenda o que é a inflação e como ela afeta a vida financeira dos brasileiros

Publicado por Amanda Borges

Formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com MBA em Gestão e Governança de TI, tem uma trajetória de 12 anos atuando em projetos de desenvolvimento de sistemas voltados para a concessão de crédito. Nos últimos anos, especializou-se no desenvolvimento de Produtos Digitais e em 2019 assumiu a liderança da área de Business Development da Sim.