O que é Seguro Prestamista?

O que é seguro prestamista?

Se você nunca tinha ouvido falar nessa expressão antes e quando se deparou com ela ficou em dúvida sobre o seu significado, não se preocupe, é bem mais simples do que parece.

O seguro prestamista geralmente é vendido junto a um plano de financiamento ou a uma solicitação de empréstimo. O seu objetivo é garantir que a dívida seja paga em casos de morte, invalidez ou desemprego involuntário da pessoa que contrata este serviço.

Ele garante que a instituição financeira que está oferecendo o crédito não sofrerá com os riscos da inadimplência e que o cliente não perca o seu bem, em caso de impossibilidade de pagar a dívida, ou que a sua família não fique responsável pela dívida, em caso de morte.

Para que serve?

O recurso é uma via de mão dupla, que beneficia tanto a instituição financeira como o cliente, evitando inseguranças e garantindo mais tranquilidade para que o segurado possa desenvolver seus planos de financiamento ou de crédito, com a garantia de que, mesmo que aconteça algo, suas dívidas serão quitadas.

O seguro prestamista é quase como se fosse uma proteção social, pois ele previne a perda de algum bem adquirido pelo segurado, nos casos de impedimento de pagar a dívida, como os mencionados anteriormente. Ele funciona como uma proteção a mais para aqueles que possuem prestações para pagar. Podendo liquidar a dívida do segurado ou garantir o pagamento de um determinado número de parcelas, dependendo do contrato.

Afinal, sabemos que imprevistos podem acontecer e situações como falecimento, demissão involuntária ou incapacidade para exercer suas funções podem, mesmo que de forma temporária, impedir que os pagamentos das prestações sejam realizados. É aí que o seguro prestamista é acionado.

Como funciona

Após o seu acionamento por algum dos motivos já citados, o seguro pode conceder a quitação total ou parcial da dívida, isso vai depender do contrato estipulado no momento da negociação de financiamento ou de crédito e da situação que impediu o pagamento das prestações pelo segurado.

Isso porque, em casos de morte, a quitação da dívida é feita totalmente através do seguro prestamista, mas em caso de desemprego involuntário pode ser que o seguro cubra até 3 meses de pagamento ou um certo valor estipulado.

Já em outros casos, na hipótese de falecimento ou invalidez por parte do segurado, se a garantia de pagamento for maior do que a dívida contraída, ela será quitada com a instituição financeira e o segurado ou a sua família receberá a diferença entre o valor pago da dívida e a indenização contratada.

Situações em que o seguro prestamista pode ser utilizado:

  • Empréstimos pessoais ou consignados junto a instituições financeiras e bancos
  • Cobertura do cheque especial
  • Cartão de crédito (em casos de cobertura do saldo devedor)
  • Consórcios
  • Financiamentos de bens (imóveis, veículos, eletrodomésticos, etc.)

Um dos maiores benefícios do seguro prestamista é a garantia de que você não perderá o bem comprado de forma parcelada caso ocorra algum imprevisto, essa é uma situação que pode acontecer em financiamentos comuns, onde a instituição muitas vezes requer a devolução do objeto financiado.

Situações em que não é coberto

Saiba que há algumas situações em que o seguro prestamista não cobre a dívida, sendo elas:

  • Adesão a programa de demissão incentivada
  • Incapacidade física de exercer as atividades ou afastamento por doença preexistente
  • Em caso de partos ou aborto

Qual o valor?

Existem diversos fatores que podem influenciar no valor do seguro prestamista, pois ele depende do valor do bem ou do crédito adquirido, do prazo de pagamento estipulado e da idade do segurado.

Por isso, é muito difícil estipular uma média ou um valor definido para a contratação deste seguro. Afinal, se você tem 25 anos e comprou um carro com o prazo de pagamento de 2 anos o preço das prestações do seguro pode ser diferente do que no caso de você ter 70 anos e ter financiado uma casa por 10 anos.

O que é possível afirmar é que quanto maior for o valor do item financiado ou do empréstimo, o tempo do prazo de pagamento e da sua idade, maior pode ser o valor das prestações do seguro prestamista.

De qualquer forma, o cálculo é realizado para cada caso de forma individual e pode variar bastante. Uma das vantagens é que esse valor é pago em prestações, podendo ser diluído sem pesar no bolso.

Além disso, seu valor não costuma ser alto já que ele é adquirido de forma coletiva por todos que realizam um financiamento ou um empréstimo na mesma empresa, criando uma reserva financeira em que apenas alguns segurados realmente precisam resgatar esse valor.

Como contratar?

O cliente não adquire o seguro prestamista diretamente com a seguradora. Geralmente, a instituição financeira oferece a possibilidade de adquirir o seguro no momento da contratação do financiamento ou do empréstimo e você pode optar por contratar essa opção.

Por isso, busque sempre entender as possibilidades de obter este seguro para que você possa garantir mais segurança para você e sua família durante certas negociações financeiras.

Seguro prestamista: como resgatar?

Caso você tenha adquirido um bem ou um crédito com a possibilidade de acionar o seguro prestamista e tenha ocorrido algum dos imprevistos já mencionados é importante que você busque saber de qual seguradora foi contratado o seguro para que você possa entrar em contato com seus canais de atendimento e seguir as instruções para solicitar a indenização do valor segurado.

Seguro prestamista com a Sim!

Ao contratar seu empréstimo com a Sim, para garantir aquele dinheiro extra com segurança, você pode contar com a proteção do seguro prestamista, que chamamos de Empréstimo Protegido!

Para isso, durante o pedido do empréstimo, se houver a oferta do seguro para você, é possível solicitá-lo durante o processo de contratação.

Para saber mais sobre este benefício acesse o link e confira as principais condições!

Se estiver precisando de um dinheiro extra, faça uma simulação e aproveite a nossa plataforma 100% digital, rápida e segura para garantir a organização das suas finanças!

Publicado por Amanda Borges

Formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com MBA em Gestão e Governança de TI, tem uma trajetória de 12 anos atuando em projetos de desenvolvimento de sistemas voltados para a concessão de crédito. Nos últimos anos, especializou-se no desenvolvimento de Produtos Digitais e em 2019 assumiu a liderança da área de Business Development da Sim.