Como colocar sua vida financeira em dia e melhorar sua saúde mental

A pandemia do coronavírus dificultou a vida de muita gente: 66,3% dos brasileiros estão com dívidas, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) divulgada em março de 2021. E, estar no vermelho pode acabar trazendo sintomas emocionais e físicos, como depressão, ansiedade, insônia, estresse e tristeza. Mas, é importante reforçar que com organização e técnicas específicas é possível melhorar sua situação financeira e também seu estado emocional. Portanto, se você apresenta algum desses sintomas, saiba que você não está sozinho. 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) juntamente com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 8 em cada 10 pessoas que não conseguem pagar suas contas sofreram impacto emocional negativo ao descobrirem que estavam endividados. Entre os sintomas, 63,5% citaram a ansiedade e 58,3% apontaram estresse e irritação 58,3%. Outros sentimentos, como tristeza, angústia e vergonha também foram mencionados.

O que fazer para se livrar das dívidas rapidamente

A negação costuma ser um comportamento normal entre pessoas que estão endividadas. Tem gente que para de checar o saldo bancário com frequência, passa a fazer mais compras por impulso e, assim, acaba piorando a situação. Portanto, a primeira coisa para mudar de vez sua situação é ter comprometimento e disciplina. Listamos algumas sugestões pontuais para retomar o controle financeiro, olha só:

Repense as compras por impulso e os gastos supérfluos 

Aquele cafezinho depois do almoço ou até mesmo aquela peça de roupa nova com a qual você tem sonhado nos últimos dias podem esperar. Seja rigoroso, tenha foco em sua virada financeira e, assim, corte os gastos desnecessários. Colocando essas atitudes em prática diariamente, logo você desenvolverá o hábito de comprar somente o que for necessário para o momento.

Tem mais de um cartão de crédito? 

Não é hora de torrar o limite do cartão comprando um eletrodoméstico que pode esperar alguns meses ou até mesmo acabar gastando com alguma outra coisa por impulso. A dica é: mantenha apenas um cartão de crédito e cancele o restante, assim você não terá a tentação de gastar mais do que pode. 

Registre seus gastos no papel ou use uma planilha

Quem nunca teve aquele susto quando abriu a conta no final do mês? Isso acontece por não ter o controle sobre as finanças. Acredite: a melhor maneira de começar uma relação saudável com o seu dinheiro é controlar cada centavo que ganha e que gasta. No começo pode ser difícil, mas com o passar do tempo você pegará o jeito e perceberá os resultados. Faça o download dessa planilha e comece a utilizar agora mesmo.

Renegocie suas dívidas

Entre em contato com as empresas para qual você deve e renegocie. Não tenha vergonha de pechinchar e de explicar qual é a sua situação atual.

Não tenha vergonha de pedir ajuda

Tem algum amigo que é um bom administrador? Chame-o para uma conversa informal e peça algumas dicas que possam ser aplicadas na sua vida. Em vez de fazer comparações negativas, use o conhecimento que ele tem para melhorar a sua vida. Amigos também são para isso!

Troque suas dívidas caras!

Faça as contas do valor total que você deve e considere pegar um empréstimo. Os juros certamente serão mais baixos do que das suas prestações atuais e que o rotativo do cartão de crédito. Assim, você trocará suas dívidas caras por uma mais barata e economizará dinheiro! Além disso, fazendo um empréstimo, você pode limpar o seu nome mais rápido, além de transformar tudo em uma só prestação que caiba no seu bolso, sem prejudicar o orçamento mensal. 

Nós podemos te ajudar. Faça uma simulação de empréstimo agora!

Somos a Empréstimo Sim, uma fintech do Grupo Santander. Aqui, você consegue simular um empréstimo de maneira rápida e segura. Veja qual oferta temos para você. Não custa tentar.


Siga os nossos perfis nas redes sociais! Instagram | Facebook | YouTube | Linkedin

Publicado por Fernanda Benevides

Formada em Comunicação Social pela ESPM-SP, atua como Head da área de Growth Marketing, na Sim, desde 2019, liderando as equipes de SEO, CRM, Mídia, Conteúdo e BI. Com trajetória profissional de mais de dez anos em marketing digital, atuou em diferentes indústrias, como varejo, bens de consumo e educação, em projetos focados na aquisição e rentabilização de clientes.