Alguém te chamou para fazer um investimento? Veja dicas para não cair no golpe da pirâmide financeira

Você com certeza já ouviu falar de pirâmide financeira. Mas, você sabe o que é isso? Ou melhor, você sabe como evitar cair no golpe da pirâmide financeira? 

Num primeiro momento, o esquema de pirâmide financeira pode até parecer legal e uma forma tentadora de conseguir uma renda extra, mas são essas propostas de negócios tentadores, que prometem dinheiro de maneira fácil e em pouco tempo, que você deve tomar cuidado. 

Pirâmides financeiras são golpes bem conhecidos do setor de investimentos. Porém, nem sempre é fácil identificar uma pirâmide financeira, por isso, até hoje muitos acabam caindo nesse velho golpe. 

Ano após ano, os golpistas se tornam cada vez mais convincentes e acabam atraindo investidores de primeira viagem para o golpe. Por isso, aprenda como identificar uma pirâmide financeira e fugir dos riscos desse golpe tão popular. 

Leia esse artigo até o fim, se informe e proteja-se!

O que é pirâmide financeira?

Pirâmide financeira é um esquema fraudulento de negócio que depende do recrutamento de pessoas para gerar lucro. Assim, a pirâmide financeira promete alta remuneração a quem aderir e levar novos membros para o negócio, sem haver necessariamente a venda de algum produto ou serviço envolvido.

De forma resumida, o esquema de pirâmide financeira é um golpe que leva o seu dinheiro e não devolve. E, infelizmente, voltou com tudo durante a época da pandemia e da crise financeira. 

Afinal, as pirâmides utilizam de grandes promessas e apelos para atrair seus membros, como: ganhar dinheiro sem sair de casa, dobrar seus investimentos e ter lucro garantido em pouco tempo.

As informações que são passadas aos interessados costumam ser bastante confusas e rasas. Mas, como as promessas são boas demais, acabam atraindo muita gente que está precisando de dinheiro e, por isso, investem de olhos fechados pensando no lucro e benefícios que virão.


Veja as 3 principais características que te ajudarão a identificar uma pirâmide financeira

1ª O foco do negócio está em recrutar pessoas 

Você paga um valor para participar do negócio, e para você lucrar precisa recrutar novos membros que também vão pagar.

2ª Falta de clareza sobre o produto, serviço e entrega

As informações são sempre rasas e confusas sobre qual é o produto ou serviço vendido para o consumidor. Não existe explicação sobre a entrega da compra ou o retorno do investimento.

3ª Promessa boa demais para ser verdade

Nas pirâmides financeiras é comum que a promessa seja de muito lucro em pouco tempo e sem tanto esforço. Desconfie!

Como funciona a pirâmide financeira

A primeira prática da pirâmide financeira aconteceu nos Estados Unidos, há mais de 100 anos atrás. De lá pra cá, muitas pessoas – do mundo todo – já caíram nesse golpe, que é considerado um crime contra a economia no Brasil

A pirâmide financeira funciona assim:

  • Tudo começa com um vendedor no topo, que convida um grupo de membros para o degrau abaixo;
  • Cada pessoa nesse degrau é responsável por recrutar seu próprio grupo;
  • O indicado então, precisa levar outras pessoas para compor a pirâmide e obter lucro.

O lucro desse golpe se dá conforme são recrutados novos membros para o esquema, sem de fato comercializar algum produto. Mas esse é um modelo de negócio insustentável. 

Afinal, para se sustentar uma pirâmide financeira é preciso que ela continue crescendo. E isso não acontece devido ao número finito de pessoas no mundo, assim as pirâmides quebram. 

Quando a pirâmide para de aderir novos membros, fica impossível cobrir a remuneração dos níveis superiores, assim, quem ainda não havia lucrado com a pirâmide, perde a oportunidade de lucrar. Ou seja, a maior parte das pessoas ficam sem retorno financeiro nenhum.

O esquema leva esse nome por conta do desenho formado pelo seu funcionamento, um triângulo, ou melhor: uma pirâmide!

Quanto tempo dura uma pirâmide financeira?

O tempo de uma pirâmide financeira pode variar bastante. Algumas podem durar meses, outras chegam a durar anos. Mas, geralmente as pirâmides financeiras acabam de duas maneiras:

  • Pela falta de recrutados

As pirâmides sempre acabam quando os recrutados da base não conseguem atrair novos membros para o esquema. Assim, quando o dinheiro para de entrar, apenas os idealizadores do golpe (aqueles que estão no topo da pirâmide) são os quem lucram ilicitamente. 

  • Pela manobra rug-pull

Aqui o término da pirâmide se dá quando os investidores iniciais – aqueles que começaram a pirâmide – atingem o número que desejavam e resolvem “puxar o tapete”, que em inglês é a expressão rug-pull. Com essa manobra, eles declaram falência e somem com o dinheiro dos investidores.

Qual a diferença entre pirâmide financeira e marketing multinível?

Na fraude da pirâmide financeira, não se entrega nenhum produto ou serviço aos recrutados, e o investimento dessas pessoas não retorna e nem gera lucros para o investidor.  

No esquema da pirâmide financeira, o lucro se dá pelo recrutamento de novos membros, mas só quem está no topo – aqueles que começaram a pirâmide – é quem chega a lucrar e ganhar dinheiro com isso. 

Enquanto no marketing multinível, considerado uma prática legal, se comercializa produtos ou serviços de verdade. Nesse esquema, os vendedores ganham com aquilo que vendem e ganham, além de uma comissão do que é vendido pelos seus indicados. 

No marketing multinível, não há promessas de grandes ganhos em pouco tempo, nem de lucro pelo simples fato de recrutar pessoas. Portanto, se um dinheiro provém de vendas, é mais provável que seja um sistema de marketing multinível que é uma prática legal. 

Mas, atenção: nem sempre a diferença entre um esquema de pirâmide financeira e o marketing multinível está tão clara para os investidores de primeira viagem.

Pirâmide financeira é crime?

Sim, pirâmide financeira é considerada um crime no Brasil, e se enquadra na Lei de Crimes contra a Economia Popular. Sendo assim, pirâmide financeira é uma prática criminosa, pois engana as pessoas com promessas mentirosas de lucro rápido e fácil. 

Basta apenas recrutar novos membros que investem no negócio, mas não recuperam o valor investido. Aqui, somente os idealizadores da pirâmide são quem enriquecem ilicitamente nesse esquema.

Como se proteger do golpe da pirâmide financeira?

Para se proteger do golpe da pirâmide financeira, a primeira dica é desconfiar de promessas de investimento que vão render altas quantias, em pouco tempo e de maneira fácil – sem precisar vender nada, basta recrutar novas pessoas para o negócio. 

Esses são sinais claros de que algo está errado. Além disso, coloque em prática essas dicas antes de sair investindo em qualquer negócio por aí:

  • Estude sobre finanças e investimentos
    Conhecimento financeiro é fundamental para quem quer entender sobre o funcionamento dos investimentos legais. Além disso, você aprende a identificar uma pirâmide financeira quando te oferecerem.
  • Seja cético e desconfie das promessas
    Recebeu uma proposta de investimento com promessas de altos rendimentos sem risco nenhum? Desconfie! Ganhar muito dinheiro de forma rápida, fácil e sem risco não existe, infelizmente.
  • Consulte o site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários)
    Para verificar se o esquema é legal, você pode consultar o site da CVM. Se a empresa não constar na CVM, certamente o esquema não é legal.
  • Questione e não aja por impulso
    Quando receber uma oferta de ganhar dinheiro (quase que milagrosa), desconfie e questione. Faça perguntas sobre o funcionamento do investimento. Não aja por impulso, você pode perder uma grande quantia ao entrar num golpe desses.
  • Ao identificar uma pirâmide financeira, denuncie!
    Você pode denunciar para a CVM, para o Ministério Público Federal, Ministérios Públicos Estaduais ou para a Polícia Civil ou Polícia Federal.

Não caia em golpe! Consiga dinheiro de forma legal e recupere sua saúde financeira

Apesar de haver investimentos legais e com poucos riscos, nenhum investimento tem retorno garantido. Por isso, um empréstimo pessoal pode te ajudar a recuperar sua saúde financeira. 

Na Sim, você solicita o empréstimo, envia os documentos e recebe a resposta da análise sem sair de casa. Somos uma empresa 100% digital e fazemos parte do Grupo Santander, ou seja, sua segurança aqui é garantida. 

Dentre os tipos de empréstimos online disponíveis no mercado, oferecemos o empréstimo pessoal, o empréstimo com garantia de veículo e a antecipação do Saque Aniversário FGTS.

Que tal simular agora o empréstimo que vai recuperar a saúde do seu bolso?

Simule já

Publicado por Amanda Borges

Formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com MBA em Gestão e Governança de TI, tem uma trajetória de 12 anos atuando em projetos de desenvolvimento de sistemas voltados para a concessão de crédito. Nos últimos anos, especializou-se no desenvolvimento de Produtos Digitais e em 2019 assumiu a liderança da área de Business Development da Sim.